Home > Matérias > Comunicação Auditiva – Linguagem Canina

Comunicação Auditiva – Linguagem Canina

Por: Dante Camacho

 

A linguagem sonora dos cães

Dizer que um cão escuta melhor do que as pessoas é redundante mas, o quão melhor é a audição deles?

Cães conseguem escutar frequências sonoras até 3 vezes mais altas que nós, eles tem uma capacidade de julgar melhor a origem (localização) de um som, assim como identificar a distância em que esse som se encontra.

Eles tem 18 músculos em suas orelhas (humanos tem só 6) , o que os permite move-las na direção do som, o canal auditivo dos cães também é maior. Além disso, cães com orelhas levantadas normalmente conseguem escutar melhor do que seus companheiros de orelhas caídas.

O tamanho das orelhas entretanto não parece afetar a capacidade auditiva, um elefante na verdade tem um alcance em hertz menor do que o de um humano.

Se pensarmos em nossos próprios cães fica fácil identificar os diferentes tipos de som que eles emitem, dá pra saber se aquele é um latido pra pegar a bolinha que ficou presa embaixo do sofá ou se alguém esta chegando em casa.

A comunicação sonora entre os cães por outro lado pode ser bem mais complexa e rica, especialmente combinando outros elementos de comunicação, como o olfativo e visual.

Um rosnado por exemplo, dependendo do seu tom, intensidade e tempo pode significar um aviso defensivo, um convite para brincar, uma ameaça, um gesto de submissão, uma expressão de dor ou até mesmo só pra conseguir atenção. Logicamente que tudo isso viria acompanhado de outros sinais que nos ajudariam a identificar o porque daquele rosnado.

Quando falamos de uivos também os significados podem ser variados, um cão pode uivar para buscar contato em caso de isolamento (comum em casos de ansiedade por separação), momentos de super excitação, pode ser um chamado para outros cães (fêmeas no cio) ou algo territorial (normalmente associado a características genéticas).

Se pensamos em latidos, igualmente perceberemos que dentro de suas variações podem ser utilizados para expressar os mais diversos estados emocionais, desde alegria e excitação até situações de medo e ansiedade. Cães latem para dizer oi, para avisar a chegada de estranhos, para solicitar afastamento, demonstrar frustração, confusão, conseguir atenção, etc. Se o seu cão late demais, o latido não é o problema e sim o sintoma de algo que já esta acontecendo, como disse acima as causas podem ser diversas e vale a pena buscar um profissional para ajudar a lidar com a questão. Por cima de tudo isso ainda podem haver razões associadas com a genética do cão, as funções originais da raça e como seus antepassados as exerciam, algumas raças foram criadas para latir mesmo.

A vocalização entre cães é também uma maneira de reforçar a comunicação já expressada por outros meios e mesmo sem falarmos de todas as formas de comunicação auditiva, dá pra perceber a complexidade do tópico e a necessidade de se estudar sempre sobre este fascinante assunto.

Dante Camacho

 

Respeitando a lei do direito autora segue a publicação link | http://dantedogworks.com/blog/comunica%C3%A7%C3%A3o-auditiva-linguagem-canina

Você pode gostar dessas matérias
KCEPI – Kennel Club do Estado do Piauí 15-04-2018
KCEPB – Kennel Club do Estado da Paraíba 18-03-2018
KCEPB – Kennel Club do Estado da Paraíba – Social
Instalações do Canil ou Gatil

Leave a Reply